Tag: Eliane Santana

Flatos Vaginais: Você fica sem graça com isso também?

Os flatos vaginais são o problema de várias mulheres. Você também sofre com isso? Se sofre, não se preocupe, é lago muito comum e que não deve atrapalhar você e seu parceiro na hora da transa.

O som que a vagina “solta” durante o entra-e-sai do pênis se assemelha à um peido ou pum, porquê, nesse entra-e-sai, nesse va-e-vem gostoso, pode entrar um pouco de ar na sua pepeka, gata! Explica isso ao seu boy que ele vai entender. E tenho certeza, se você faz um sexo caliente, ele não vai nem ligar para isso! Agora, se você, independente do que seu parceiro acha sobre isso, se sente incomodada com os “barulhos” inoportunos durante a relação sexual, aqui vão algumas dicas irão te ajudar:

Seu boy parece uma metralhadora?

Peça ao seu maridinho querido que faça sexo um pouco mais devagar (apesar de que rápido é bem mais

Faça mais devagar amorzinho...
Faça mais devagar amorzinho…

gostoso). Vai ser bom até para ele controlar um pouco a ejaculação precoce e dá momentos mais longos de prazer para você. Quando o homem faz muito rápido o entra-e-sai, normalmente ele goza mais rápido e você fica “na mão” (ou nas pontas dos dedos), literalmente. Então, enquanto ele penetra você, tente acariciar o seu clitóris e vá pedindo para ele penetrar mais rápido conforme você for sentindo que está chegando próximo ao seu gozo.

Papai e Mamãe é ótimo!

Além de massagear o seu clitóris com a púbis te possibilitando uma transa mais prolongada e prazerosa, o pênis do seu parceiro não entra tanto (se você não colocar as pernas lá para o alto, né amiga?), evitando, assim, que entre menos ar na sua perseguida. Essa posição também é excelente para o casal se olhar nos olhos e vê o quanto se amam… rsrsrs

De quatro não amor!!!

Se ainda tem vergonha dos seus flatos vaginais, peça à ele: “de quatro não amor”! Mas isso não vai durar muito tempo. Homem adora fazer de quatro. Ele vai terminar te perguntando o porquê. Aí, quando você explicar que tem vergonha do som que sai da sua vagina, com certeza, se ele for um cara compreensível, não vai ligar e vai continuar meter gostoso em você!

Só deixe para conversar sobre isso na manhã seguinte ou no dia-a-dia mesmo. Quem sabe essa outra ideia abaixo não seja uma boa?!?!?

Vá à um Sex Shop…

… e compre uma bomba peniana. Já pensou que o pênis do seu parceiro seja pequeno e que está possibilitando a entrada de ar na sua perereca e causando os flatos vaginais? Então tentem isso. Converse com ele antes. Os ganhos em espessura e tamanho talvez não sejam os melhores, porém seu bofe vai conseguir segurar a ejaculação por muito mais tempo conforme for treinando com a bomba peniana. E você o que ganha? Preciso dizer mulher?

Ah! Aproveite e conheça a Sharon Drikas, ela indica e vende a bomba peniana.

Quando for ao Sex Shop ou à Farmácia…

… compre também um bom lubrificante. O uso dele durante o sexo vai impedir que o órgão genital do seu parceiro não saia da sua vagina completamente durante a penetração, evitando assim, aqueles barulhinhos que a gente estava falando. Porém, para aquelas que, assim como eu, fica toda molhadinha só com um beijo no pescoço, talvez nem vá precisar. Guarda o lubrificante para usar casa o negócio esquente e você queria fazer o plano “B”, né safadinha?

Já ouviu falar em Pompoarismo?

Pois é, se não ouviu falar, não sabe o que tá perdendo. O pompoarismo é uma prática milenar oriental em que, através de exercícios que estimulam a musculatura da pélvis, a mulher consegue contrair, sugar e apertar o pênis do seu parceiro. Uma mulher retada que ensina isso em palestras presenciais e online é a Eliane Santana. Ela ensina o pompoarismo na forma tradicional (usando aparelhos e objetos como as bolinhas tailandesas) e usando a PNL (Programação Neurolinguística). Assim, com sua pepeka apertadinha, quero ver você passar vergonha de novo! Passa nada…